Brasil capitalista é fome e pobreza. Vamos lutar pelo Brasil Socialista!

Declaração do La Marx Brasil

Nós trabalhadores e o povo brasileiro estamos sofrendo miséria, fome, pandemias, a que o Brasil capitalista nos condena. O governo Bolsonaro é o representante dos banqueiros, empresários, e corporações capitalistas, o 1% que controla a riqueza do país. Hoje o Brasil é um país com 120 milhões de habitantes, onde apenas cerca de 130 milionários detêm toda a riqueza econômica. Aproximadamente 98 milhões de brasileiros estão desempregados. A FOME é um flagelo recorrente que se acelerou nos últimos anos, resultando em uma grande massa de pessoas desesperadas procurando no lixo por algo para comer. 

A mesma coisa que acontece no Brasil capitalista está acontecendo em todo o mundo. O capitalismo mundial está passando por uma grave crise. Enquanto milhões de nós afundamos na pobreza nos cinco continentes os milionários recebem o apoio dos governos con salvamentos com dinheiro público por meio de resgates. Eles permanecem em suas mansões, condomínios particulares e paraísos fiscais, enquanto milhões as pessoas não conseguem encontrar emprego, saúde ou comida. 

Esta grave crise do capitalismo mundial se expressa com fome, pobreza e desigualdade, mas também com mudanças climáticas e pandemias. COVID-19 é uma pandemia capitalista, responsabilidade dos governos capitalistas do mundo que agravam as condições de vida de milhões. O tratamento desastroso da pandemia e os cuidados médicos para os infectados com Covid-19 pelo governo de Bolsonaro resultaram em um número de mortos de mais de 600.000. Quase a maioria dos mortos eram, e ainda são, trabalhadores.

A situação em que vivemos é responsabilidade do governo capitalista de Bolsonaro. Mas também de todos os partidos políticos que governam os estados, e municípios, de diferentes signos políticos que também apóiam o Brasil capitalista. É também responsabilidade do PT e dos governos Lula e Dilma Roussef que governaram o Brasil por muitos anos, e afundaram o povo brasileiro no desastre que Bolsonaro aprofundou.  

É por isso que queremos ser claros com aqueles camaradas acreditam que com a volta de Lula e do PT essa situação vai mudar: PT e Lula também são um projeto capitalista. A desigualdade cruel continuará com eles, porque o capitalismo não tem nada a oferecer, nem no Brasil, nem em nenhum país do mundo. Nenhum projeto dentro do capitalismo terá soluções para os pobres, os negros, os jovens, as mulheres, os trabalhadores rurais. Líderes como Lula dirão que, com reformas, o capitalismo brasileiro pode melhorar e trazer felicidade ao povo. 

São mentiras. O capitalismo não pode ser reformado, as multinacionais e os banqueiros não podem ser reformados. O capitalismo não pode ser reformado ou melhorado, trata-se de aboli-lo. O Brasil capitalista continuará crescendo em alimentos, preços, combustível, gás engarrafado e energia. Continuará a crescer em racismo, porque o capitalismo precisa de racismo e discriminação para explorar mais barato a mão de obra dos vulneráveis. Vai continuar a crescer em feminicídios, porque a opressão das mulheres permite que o capitalismo obtenha mais lucros tirando partido do machismo e o patriarcado e da falta de direitos das mulheres, 

Não se trata de reformar o racismo, trata-se de aboli-lo. Não se trata de reformar o machismo e o patriarcado, trata-se de aboli-los junto com o capitalismo. Negócios ilícitos como o tráfico de drogas que destroem nossas famílias e bairros são promovidos pelo governo e pelas forças de repressão, que defendem os interesses dos capitalistas envolvidos no tráfico de pessoas e drogas. Vamos lutar pelos direitos das pessoas LGBT, pelo aborto legal, a separação da igreja do estado, dos povos indígenas, dos jovens, dos idosos, dos camponeses e da classe trabalhadora.

O Brasil estará livre de racismo, machismo, opressão, discriminação e desigualdade, ou não estará. Para isso, organizações reformistas como o PT ou o PSOL não servem: É chegada a hora de construir uma organização revolucionária no Brasil, que una o nosso povo a todos os povos da América e do mundo que lutam contra o capitalismo. Os marxistas de La Marx Brasil convocam você para fazer essa mudança. Já somos milhões no mundo que enfrentamos o capitalismo todos os dias, é uma questão de nos unirmos e fazermos o que Marx nos deixou como legado: "Trabalhadores de todos os países, uni-vos!".

É hora de todos os ativistas no Brasil se unirem para realizar esta chamada. Convocamos vocês que lutam pela defesa do meio ambiente, pela defesa da saúde e da educação, feministas, trabalhistas, democráticas, militantes populares. Vamos começar a nos unir para levar o Brasil ao Socialismo!

Deixe o seu comentário! Envie-nos sua adesão, assinatura, nota ou associe-se como ativista!